1. A Verdadeira Religião

(1104.4) 101:1.1 A verdadeira religião não é um sistema de crença filosófica que possa ser deduzido pela razão, nem consubstanciado por provas naturais, nem é uma experiência fantástica e mística de sentimentos indescritíveis de êxtase a serem desfrutados apenas pelos devotos românticos do misticismo. A religiosidade não é produto da razão, mas, quando vista do seu interior, ela é plenamente racional. A religião não se deriva da lógica da filosofia humana, mas, como uma experiência mortal, é plenamente lógica. A religião é a experiência da divindade efetuada pela consciência de um ser moral de origem evolucionária; representa a verdadeira experiência com as realidades eternas no tempo, como uma realização de satisfações espirituais enquanto ainda na carne.

Intensivo de YogaLivre



2 - Intensivo de YogaLivre durante uma semana. Para aqueles que querem mais profundidades nos aspectos técnicos, porem já revelando que as técnicas não nos levarão ao processo Yoga, mas ajudam a biologia se manter saudável para um maior tempo de vida, portanto habilitam aos que ainda não perceberam a natureza real de si mesmo, mais tempo para discernir entre o que é e não é sua personalidade profunda. São 56 horas de relação com o corpo, com a mente, com a alma e com o espírito pessoal. Estaremos recebendo as três graças: O banho de amor advindo do Pai Universal; A permissão do existir para continuar realizando a vida  pelo Filho Eterno e a imersão na inteligência através da mente outorgada pelo Espirito infinito. Haverá certificação para os que permanecerem coesos.


YogaLivre, assim referencia o Svātantrya Yoga. Cabe a você determinar o que necessita aprender e a realizar nesta vida. Através da sua própria vontade, conhecimento e ação poderá descobrir a forma ideal para se relacionar com teu ambiente e contigo mesmo.


Tudo o que preconizamos em nosso sistema é posto de forma liberal sem imposições nem obrigações. Cada indivíduo deve manter sua forma de pensar e estar na vida mudando somente quando estiver seguro e desejar ampliar a sua maneira de ver o universo.


A intenção é recuperar a liberdade de ação que tínhamos em nossa mais tenra idade. Lógico que depois de crescidos, já não seremos os inconscientes que pensávamos ser quando éramos crianças. Este sistema de desenvolvimento interior e exterior somente se adapta a ele os praticantes que querem levar uma vida livre e que não procuram muletas em quem está ao seu lado. Para entende-lo, cada um tem que pensar com a sua própria mente evitando assim a hipnose do pensamento coletivo expirado pelos líderes regedores das massas humanas.

Convém alertar que não somos uma instituição coletoras de devotos, nem tampouco mestres buscando discípulos, mas puramente investigadores do mundo sensorial consciente proposto pelo Yoga. Temos muita vontade de ensinar as nossas experiências e conhecimentos adquiridos aos que aspiram partilhar da mesma realidade interna e externa da vida.


Compreendemos que o melhor método de Yoga é aquele que deixa seus participantes livres para pensar e realizar e sempre por vontade própria elegendo o que necessitam para suas vidas individuais e sobretudo sociais, pois o que é verdadeiro, bom e belo o universo capta e redistribui.


Mesmo que se preconize um sistema, normas e regras não podem ser impeditivas para os que querem apenas parte do contexto.

O Yoga é amplo e versátil e nenhum ser precisa reter em seu contexto pessoal a demanda total de pontos propostos por esta filosofia, muito menos por esse curso. Cada ser tem uma experiência distinta na vida e em seu caminho deve constar apenas alguns pontos da luz dos demais. Querer iluminar–se com a luz do outro é perder a individualidade e isso é ir contra os planos da criação. Temos um ego exatamente para preservar a nossa forma impar de estar na vida, mas procuremos ficar alerta contra o egoísmo e egocentrismo, pois a verdadeira arte de viver está montado nas asas do altruísmo.


Há que recordar sempre que o mesmo que nos pode libertar, pode também nos prender, assim que a escolha deve ser sempre com margem de segurança para saber parar no momento certo qualquer intervenção advinda de fora, proposta por qualquer filosofia ou líder.


Queremos sobretudo, apenas partilhar um legado cultural antigo e os que tem experiências para partilhar que se juntem a nós. Por outro lado, advertimos aos que querem restringisse as nossas ideias como se fossem a única verdade do mundo, por favor, não nos procure, pois não teremos nada para vos ensinar.

Não temos um ofício para oferecer, senão uma forma de tornar os seres humanos mais profundos e coerentes com a natureza existente. Nada mais! Yoga é a forma mais perfeita de nos fazer ver o universo com os nossos próprios olhos, mas nunca desrespeitando os outros.


Convivência, prática e teoria


A convivência com Yogi-s antigos em um ambiente preparado para praticar e estudando horas seguidas, além de ser bastante saudável, viabiliza aos praticantes novos a catalisar via inconsciente uma gama elevada de recursos e técnicas que dificilmente se conseguiria pela via consciente. É um fenómeno natural que se desencadeia quando as pessoas com uma mesma intenção se encontram juntas convivendo e dividindo experiências. Uns aprendem com os outros e os mais novos rentabilizam muito mais devido aos antigos terem um caminho muito mais longo dentro do pensamento comum.


Estaremos sempre prontos para responder e esclarecer as dúvidas que por vezes surjam, todavia agradecemos a compreensão para os assuntos que transcendem os nossos conhecimentos, assim pouparemos o tempo que teremos para partilhar com todos. Há que lembrar que nas nossas sessões você não estará proibido de perguntar, porém não se esqueça que o curso não está somente preenchido por você, assim não queira ser o protagonista das perguntas, primeiro porque atrapalharia a intuição do orador e ademais tiraria a vez do seu colega de poder esclarecesse com as suas questões pessoais. Para todos é válido, a expressão. “Se deixarmos o rio correr sozinho, ele cumprirá a sua missão”. Se deixarmos o orador palestrar, seguramente que em um determinado ponto da palestra, as palavras estarão mais claras para a visão de todos.


YogaLivre - Centro de Estudos Antropológicos

Rua 2 Casa 6 Fazenda Furquilha - Monte Alegre do Sul - SP

11-8209-7656