Ultimamente e dada a experiência com tantos workshops, cursos de formação e Intensivos, tenho percebido que o melhor encontro é aquele onde podemos esperar que todos apareçam para ver o que cada um traz na mente e no coração. Dessa reunião nascerá as matérias e técnicas que iremos estudar. É só quando parece que todo o trabalho foi destinado a cada um dos presentes. 

Tenho pontuado muito enfaticamente sobre o Processo Yoga e as diversas metodologias que intentam revelar em forma de samādhi a fusão de prāna com apāna, porem com ineficácia quase total. 

O processo não requer absolutamente nada para ser percebido por nós, no entanto os métodos aparecem para simplesmente distrair os praticante para que o processo se revele, no entanto a prática incessante e condicionante faz com que o aluno samskarize sua mente mais uma vez ficando a prática como uma ginástica trivial e diária, por vezes enfadonha e sem elevações biológica, ao contrário produzindo distúrbios corporais, emocionais e mentais. 

Os modelos que estou levando de trabalho neste ano de 2018 serão:

1 - Os workshops de um fim de semana com temas específicos,  a livre escolha do organizador dentro das quase 60 técnicas agrupadas por  nós no Śāstra do YogaLivre. Tem duração de 16 horas incluindo a sexta feira com apresentação e roda de mantra com conversas. Quase sempre e com raríssimas exceções, o programa nasce da necessidade dos alunos da escola do organizador, mas quando fico livre para expor também defino as matérias a serem estudadas. Por ter uma carga horaria muito pequena, não certifico. Assim o estudo num workshop está voltado para o desenvolvimento do praticante e não fornece nenhuma base para o ensino ou qualificação profissional nem magisterial. 

A sessão de rapé, deverá acontecer em uma sessão extraordinária e separada das demais atividades do workshop para quem quiser abrir a força em seu espaço, incitando o xamanismo no contato com a medicina ancestral da floresta amazônica e espiritual baseada na quinta revelação epocal. Confere um caráter iniciático na tradição indígena e no uso da medicina do rapé, porem não servirá para abrir sessões, apenas para sentir o poder da substância.

2 - Intensivo de YogaLivre durante uma semana. Para aqueles que querem mais profundidades nos aspectos técnicos, porem já revelando que as técnicas não nos levarão ao processo Yoga, mas ajudam a biologia se manter saudável para um maior tempo de vida, portanto habilita aos que ainda não perceberam a natureza real de si mesmo, mais tempo para discernir entre o que é e não é sua personalidade profunda. São 56 horas de relação com o corpo, com a mente, com a alma e com o espírito pessoal. Estaremos recebendo as três graças: O banho de amor advindo do Pai Universal; A permissão do existir para continuar realizando a vida  pelo Filho Eterno e a imersão na inteligência através da mente outorgada pelo Espirito infinito. Haverá certificação para os que permanecerem coesos. Como o tempo é de 56 horas haverá aprofundamento nos temas e permissão para explorar as dificuldades do sentir e do perceber cada temática.  

3 – Formação de AYĀ - primeiro módulo – Aspectos culturais.  Trata da expressão das variadas formas de trabalhar o corpo. O suporte da prática permite um praticante esperto a desenvolver seu corpo passando pelas artes marciais, dança, ginásticas, surf, esqui, paraquedismo, bicicleta, natação e o que mais interessar realizar. A Formação habilita o praticante a se tornar um Preceptor de AYĀ sabendo que para a formação completa valerá fazer os três módulos restantes.  Orientamos de modo amplo o desenvolvimento das forças que caracterizam a liberdade: a força da vontade, o poder do conhecimento e a energia da realização.

Os Ensinamentos de Melquisedeque no Levante


(1042.1) 95:0.1 DO MESMO modo que a Índia deu origem a muitas religiões e filosofias da Ásia Oriental, também o Levante foi o berço das fés do mundo ocidenal. Os missionários de Salém espalharam-se por todo o sudoeste da Ásia, pela Palestina, Mesopotâmia, Egito, Irã e Arábia, proclamando, em toda parte, as boas-novas do evangelho de Maquiventa Melquisedeque. Em algumas dessas terras os seus ensinamentos deram fruto; nas outras obtiveram êxitos variáveis. Algumas vezes, os seus fracassos foram devidos à falta de sabedoria; outras, a circunstâncias além do seu controle.

YogaLivre - Centro de Estudos Antropológicos

Rua 2 Casa 6 Fazenda Furquilha - Monte Alegre do Sul - SP

11-8209-7656